um blog de inspirações e expirações

30.6.16

shine on you crazy diamond

Foto: Francisco Moreno via Unplash
Sentei para ler as respostas que vocês deixaram no formulário do post anterior e uma série de sentimentos passou por mim enquanto eu lia.

Senti carinho, muito carinho. 
Pessoas disseram que me enxergavam em cada pedacinho desse blog. Pessoas disseram que amam meus layouts. Pessoas disseram que gostam até dos meus posts “lamurientos”, olha só! Hahahaha Essas mensagens de carinho são muito importantes para quem as recebe, independente de quem está aqui desse lado seja um blogueiro profissional ou alguém que está aqui por hobby. Meu blog sempre foi mais um lugar onde eu podia desabafar e me desaguar, nunca tive preocupações em fazê-lo crescer porque eu sabia que quanto mais pessoas me lessem, menos coisas pessoais eu poderia expor. Mas é óbvio que também amo receber esse tipo de mensagem, vocês me arrancaram muitos sorrisos. Muito obrigada ♥♥♥

Também senti algo parecido com uma acusação de fraude
Não sei bem como explicar isso, mas notei que enquanto algumas pessoas me veem claramente, há outras que não conseguem me enxergar aqui no blog. Pessoas que me disseram que eu me espelhava muito em outras pessoas e não me valorizava (ilustra bem meu problema de autoestima). Pessoas que disseram que eu transformei meu blog num palco onde eu inventava alguém que não era eu. Essa última mensagem em particular me provocou um misto de sensações. A primeira foi raiva, mas logo em seguida eu tive dúvidas. Por que essa pessoa me enxerga assim?

Fiquei alguns minutos pensando sobre isso e cheguei à conclusão de que, no fim das contas, algumas pessoas me enxergam assim pela mesma razão de eu querer recomeçar: eu não estou mais neste blog. Tudo o que fiz nos últimos tempos foi usar abordagens novas numa tentativa de me reencontrar. E eu falhei. Falhei porque eu ignorava o porquê de eu estar tentando e sempre buscando alguma coisa. Acho que eu sabia o que era, mas eu fingia não enxergar. Eu tinha um elefante na minha sala de estar.

Desde que fiquei depressiva, tive épocas muito complicadas na vida e sinto como se eu tivesse perdido a mão. E desde então busco maneiras de me recolocar no lugar. Tenho tido muita dificuldade para escrever também, faz muito tempo que não consigo mais me expressar como eu fazia antigamente. Quando eu abri o formulário no post passado, eu já tinha tomado a minha decisão, mas eu queria saber a opinião das pessoas que me leem. Vocês não sabem o que tem se passado aqui dentro dessa minha cabeça bagunçada, eu tenho um fluxo enorme de pensamentos, sentimentos, sensações e frustrações, então na verdade nem tem como vocês saberem a dimensão real de tudo que eu escrevo aqui, mas é muito bom ler palavras de carinho. Ou aquela verdade desagradável que precisa ser ouvida.

Foto: Danka & Peter via Unplash
A boa notícia é que encontrei uma solução para reorganizar as ideias. E se essa solução significa largar tudo, é exatamente isso que eu vou fazer. Nunca fui aquela pessoa que tem medo de mudanças e não serei essa pessoa agora.

Tenho muitas ideias e alguns planos para o novo blog, inclusive já tenho mais ou menos um novo nome. Eu sei sobre o que eu vou escrever, que tipo de formato as coisas terão, mas, mais importante do que isso: eu sei qual é o meu objetivo. Eu tenho um objetivo muito importante com o novo blog. Ele existirá por uma razão especial. 

Vou amar ter vocês me acompanhando no futuro, mas perdoem o egoísmo: o novo blog será muito mais meu do que de vocês. Não quero explicar muito agora, mas acho que ficará mais claro quando tudo estiver pronto e eu tenho certeza que vocês vão gostar! ♥

Estou empolgada e feliz. Acho que tomei a decisão certa.
Vejo vocês daqui a algum tempo, num lugar novo e incrível, eu prometo.
Muito obrigada por tudo e até já.
 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados