um blog de inspirações e expirações

3.5.14

como eu pretendo melhorar minha vida


Faz um tempo que eu postei um texto bem triste aqui no blog. Mas muito triste mesmo. Nele eu disse, de uma maneira meio subjetiva, que eu estava doente e que não precisava de um psicólogo para me dizer isso (claro que ter um diagnóstico clinico é bem vindo, inclusive irei procurar um essa semana) porque eu já tinha certeza da minha condição, e não é de hoje. Acho que o autoconhecimento que tenho me ajudou muito a identificar esse problema, acredito que para algumas outras pessoas seja mais difícil perceber/entender que está doente. 

Desde que mudei para São Paulo, tenho percebido que mudei alguns hábitos e adquiri outros (não exatamente saudáveis), que tive mais problemas com socialização e novas amizades, perdi a motivação nas coisas, não consigo estudar e trabalhar (pessoas que encomendam layouts: não me odeiem, haha <3), não tinha vontade de sair, perdi minha capacidade de concentração e até minha memória ficou ruim. Hoje, tenho a memória de uma velhinha de 97 anos e um histórico de memória boa durante toda a vida. Tem algo errado, né?

É, tem algo errado. Acho que enxergar a situação já é um passo grande. Entendi que eu não sou preguiçosa, não sou uma pessoa horrível, antipática e descompromissada, e sim uma pessoa doente. Nos últimos meses, essa situação piorou muito e acredito que estou passando por uma crise mais forte no momento. Estou um pouco assustada. Eu quero a mudança, mas não tenho disposição. Isso não é falta de querer. 


Diante de todo esse quadro ruim, eu resolvi adotar algumas práticas para os próximos dias e meses, paralelo ao tratamento profissional que pretendo buscar. Listinha básica:

Caminhar de manhã

Ano passado, numa tentativa de emagrecer, eu estava fazendo caminhadas cedinho. Era um tormento levantar às 6h, haha, mas eu percebi que durante o dia eu ficava bem disposta. Meu irmão número 2, inclusive, disse a mesma coisa. 


Adotar uma rotina

Enquanto as pessoas buscam fugir dos dias iguais, acredito que uma rotina diária vai me ajudar. Vou bolar um planner com as atividades diárias que incluirão os pedidos de layouts e algumas horas dedicadas a algumas atividades que pretendo adotar também (próximo tópico).


Treinar mais fotografia e desenho

Acompanhar a Malena Flores e Juliana Rabelo no Instagram despertou em mim uma vontade danada de ilustrar. Sempre soube que eu tenho a mão boa para rabiscar, só preciso de prática e treino. Planejo comprar papéis e lápis mais apropriados (até agora só estive brincando com uma lapiseira comum e papel sulfite). 

Eu tinha deixado meio de lado a fotografia nos últimos tempos, mas ao descobrir o aplicativo VSCO Cam voltei ao interesse de antes. Entrei até no grupo não-oficial do aplicativo no facebook e inclusive, já arrisquei umas fotografias bobinhas no Instagram. Também estou planejando fazer um post sobre dupla-exposição com o celular em breve.

daqui e daqui

Cuidar mais de mim 

Uma das coisas boas de morar com seus pais é que você se alimenta melhor. Desde que vim morar sozinha, a qualidade da minha alimentação caiu drasticamente. Tem dias que não como nada, tem dias que como demais, tem dias que só como bolacha, todos os dias só como porcaria, haha. Pretendo comer mais legumes e frutas em horários fixos. Cuidar mais de mim, além de incluir a alimentação, inclui também a vaidade que eu nunca tive, em 23 anos de vida. Ando sentindo falta de me achar mais bonita, de ir à perfumaria comprar um batom. Nem contei para vocês que desde o meu post do "meu cabelo Lua Perez” eu já mudei o cabelo 3 vezes (pintei de preto azulado, depois clareei as pontas e pintei de azul e roxo, agora cortei bem curtinho). Sou tipo aloka capilar, mas gosto muito e penso que se me faz sentir melhor, é perfeitamente aderível.


Ser mais otimista

Pelo que andei lendo, mudar a sua visão e maneira de pensar sobre a vida ajuda a reverter o quadro clínico. Confesso que essa parte é meio difícil para mim porque sempre fui meio "cortaospulso" mesmo, gostando de filmes de terror e histórias macabras, do bizarro e do horror. Bom, comecei dando mais espaço as coisas bonitinhas na minha vida. Mais flores, mais luz, tentando focar no bom humor. Inclusive, tô até simpatizando um pouco mais com o sol, haha. Com um esforço tremendo para se manter no caminho, a gente chega lá :D



Eu tenho plena convicção de que vai ser muito difícil, não por falta de força de vontade, mas por causa das características dessa doença. Pretendo agilizar tudo essa semana, desde a busca pelo diagnóstico clínico com o profissional até a organização da rotina que quero adotar. 

O post ficou um pouco grande, mas caramba, eu queria dividir isso com mais pessoas. 
Até já, pessoal.

44 comentários:

  1. Adorei o post! e sua iniciativa de mudança!

    Muito legal reconhecermos nosso problemas... mas acho que vc está aumentando um pouco, pois poxa vida! Se você teve essa iniciativa de mudança, com certeza não é a pessoa horrorosa que acabou de descrever nesse post!

    E pra te incentivar mais ainda, vou te dar um presente (de blogueira para blogueira), e espero que goste; é uma planilha semanal, pra você imprimir e se programar melhor (tanto nas mudanças diárias, como nas postagens aqui do blog). Então, clica aqui pra ver sobre o que eu estou falando e deixe seu email lá! pode ser? dai eu te envio
    http://www.coresdodia.com/2013/12/vamos-planejar.html

    Não conhecia seu blog! mas eu adorei e vou acompanhar pra ver como andam as mudanças!!! e está mais que curtida a sua fanpage ;)

    beijos
    Cores do Dia

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post! Aos poucos tudo vai ficar melhor, tá? Beijinhos ♥

    https://quebrarosilencio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi. Acompanho seu blog há pouco tempo, mas é a primeira vez que comento.
    Você é pernambucana, minha conterrânea, haha. :)
    Enfim, te desejo forças na sua mudança. Que você consiga realmente vencer isso aí. Parabéns pela iniciativa de mudar, pois continuar sempre no mesmo desastre é, de fato, desastroso.

    ResponderExcluir
  4. tô contigo! há tempos precisando de uma rotina que alguns reclamam..


    beijos
    cabecanasnuvensz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu já passei por algo bem parecido. Dedicar o seu tempo em algo que vc realmente goste e fazer exercícios físicos (principalmente) é um dos melhores remédios!
    Desejos de melhoras pra vc!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. A procura de uma boa web designer para encomendar um layout encontrei seu blog.
    E acabei me identificando com o que você escreveu.
    Há uns 7 meses estou assim e meu rendimento caiu muito... e estou a um passo de abandonar a faculdade. Sinto falta da dedicação e compromisso que antes eu tinha.
    E para tentar reverter esse fato tenho tentado construir uma rotina e me dedicar ao que me faz bem, que no caso é escrever, ler e cuidar do meu blog.
    Saiba que mesmo sem te conhecer você tem todo o meu apoio.
    Beijos!!!
    http://asassecretas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico feliz por você também estar tentando entrar nos eixos, haha.
      Força pra nós duas \o/

      Excluir
  7. Força!! Também faço isso quando eu me sinto muito pra baixo. É bom a gente tomar as rédeas e tentar tornar a nossa vida mais saudável e agradável de se viver. E a intenção e o processo ajudam tanto quanto o resultado, melhoras!

    Strawberry Fields

    ResponderExcluir
  8. Gabi minha linda.. te mandei um texto no whats! Não vou entrar em detalhes por aqui!
    Quero que saiba que fico feliz de ter enxergado isso em voce, foi um passo muito importante!
    Te gosto muito..

    www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  9. Gabi, planos ótimos! De todos esses, ter uma rotina é o mais importante para mim. Inclusive, estou muito de saco cheio desses feriados todos hahaha
    Exercicio fisico também tem uma prioridade alta, mas só faço 2x na semana, que é o tanto que eu sei que vou conseguir - se eu fizer uma meta pouco real, me sinto muito frustrada por não cumprir com ela. Mas enfim, tá de parabéns! haha beijos!

    ResponderExcluir
  10. Gabi, já passei pelo mesmo que você, quando me mudei de cidade me senti exatamente assim (ainda tive um término de relacionamento mais ou menos na mesma época o que piorou toda a situação), tudo que eu fazia era dormir pra que o dia terminasse logo, não tinha vontade de fazer nada. E realmente querer mudar essa situação faz toda a diferença! Quando resolvi que não queria mais isso pra mim comecei a melhorar. Te desejo muuuita boa sorte!
    Ah quanto a sua ideia de treinar mais a fotografia eu também queria fazer isso, você já viu aqueles projetos 6 on 6? Queria muito começar um, mas pra isso preciso de fazer parceria com 6 blogs... O que você acha de embarcar nessa comigo?
    Beijinho ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mih
      Eu estava participando de um 8 on 8, mas acabei largando, haha. Tenho muita dificuldade em manter esses projetos (teve um 52 semanas que larguei tbm, eu não presto, hahaha).
      Se você arranjar uma turma, vemk me chamar porque eu topo recomeçar sempre.
      bj bj

      Excluir
  11. O primeiro passo, e o mais importante, você já deu, que é o de aceitar que tem algo diferente acontecendo com você. Buscando ajuda e se comprometendo com sua lista, acredito que aos poucos você conseguirá se recuperar! Enquanto isso, fico aqui na torcida, sempre enviando bons pensamentos pra você, para que consiga superar tudo isso. Um beijo!

    ResponderExcluir
  12. Gabi! Eu já passei por isso, mas não vou dizer aqui que te entendo, porque no fundo, a gente nunca entende o que está ocorrendo de verdade com as pessoas, mas a sua iniciativa de querer mudar essas circunstâncias mostra que não está tão ruim assim. Espero que dê tudo certo, e que você consiga reverter essa situação!

    Beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  13. Gabi, sei exatamente o que você tá passando. Eu passei por coisa parecida no segundo semestre de 2012 e foi horrível. Eu não tinha vontade de sair de casa, passava o dia todo deitada, não ia mais pra faculdade e quando voltava do trabalho, muitas vezes, chegava em casa chorando e nem sabia o motivo direito. Não tenho palavras pra descrever o que passei. Mas consegui sair dessa com uma força de vontade monstra, tirando da minha vida tudo aquilo que estava me destruindo aos poucos.
    Procure ficar perto das pessoas que te amam, evite ficar sozinha pra não pensar besteira. Se apegue a atividades que você gosta muito (na época, eu pensei na minha faculdade, em como amava/amo e quero ser jornalista). Não se entregue a tristeza, saia de casa, levante cedo, vá tocando a vida, tudo isso ajuda bastante. Fique bem!

    P.S. Precisando de alguém pra conversar, estou aqui. Um beijão pra ti.

    ResponderExcluir
  14. Oie.
    O mais importante que é a aceitação tu já fez. Tu sabe o estado que tu está, então agora é correr atrás do prejuízo. Tudo que tu listou é muito importante, junto com a tratamento médico, mas essas listinha vale pra todo mundo. Devemos nos cuidar independente do nosso estado.
    Te apoio total. Boa sorte nessa jornada.

    Bjoooos.
    http://www.azul-calcinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá! (:
    Fiquei muito feliz por saber que acompanhar o meu Instagram despertou em você a vontade de continuar desenhando. E você já sabe a palavrinha chave: praticar.
    Vai fundo, acredito (muito) em você, menina linda.

    Beijinhos doces,
    Malena Flores. ♥

    ResponderExcluir
  16. Gabi, que iniciativa boa!
    É uma droga quando a gente se percebe doente, mas é ainda pior quando não nos percebemos e seguimos a vida naquela gangorra.
    Caminhar cedo é um hábito que eu vivo tentando incluir em mim, mas nunca consigo! Boa sorte e fique curada logo!

    ResponderExcluir
  17. eu amooooooooooooooo fotografia!
    quero mmuito estudar e aprender a tirar aquelas fotos incríveis, sabe?
    Já tenho uma câmera, falta só entender ela hahaahahha

    Caminhar é tudo de bom ♥

    Juliana
    www.livreeespontanealeitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. O importante é que você identificou que não tinha alguma coisa certa com você. Espero que pelo menos parte desses planos se concretize e você melhore :)

    ResponderExcluir
  19. Olá, Gabi!
    Gostei muito do seu post, de você reconhecer que precisa de ajuda e, ainda mais, de estar disposta a se ajudar, de mudar, de fazer algo em relação à isso. Além de se ajudar, esse post também me ajudou e ajudará muita gente. Às vezes tudo o que precisamos é fazer listas assim, de coisas que podemos e devemos mudar na nossa vida, para que ela fique mais leve.
    Boa sorte para ti! Tudo vai dar certo.

    Um beijo e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  20. Oh Gabi, todas essas 'dicas' até me inspiraram a melhorar a minha vida também. Sabe essa parte que você falou da dificuldade que é morar sozinha? O quanto ficamos relapsas com a nossa alimentação? Super me identifiquei! Sinto isso na pele quando a minha mãe viaja, nesses momentos não sei o que seria de mim sem fast-foods (já que não consigo comer miojo), e delivery. Olha que a minha mãe não passa mais de uma semana fora, e eu sofro assim. Imagina daqui a dois anos quando pretendo morar sozinha? ):
    http://galeriacliche.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. É bom fazer essas metas, espero que consiga cumpri-las, e que melhore, ficando da forma que você realmente quer! <3 Sei como é acabar ficando nessa. Entrando em depressão, até. Mas que tudo fique bem, Gabi! :) Com certeza todos aqui entenderão seus motivos.
    Beijos || Unlocked Land ❤

    ResponderExcluir
  22. Oi Gabi, estou torcendo muito por você, viu?
    Eu passei por uma fase bem parecida, quando minha mãe mudou de Brasília para Fortaleza e pouco tempo depois eu ainda mudei sozinha para o Rio de Janeiro. É complicado "perder" o que a gente já estava acostumado e por algum tempo até medicamentos fizeram parte do meu tratamento. Mas olha, fico feliz de te ver com planos, eles ajudam muito. Ajudam a mim até hoje, na verdade.
    Se eu puder ajudar em alguma coisa, qualquer coisa, pode contar comigo, ta?
    Beijooo!

    ResponderExcluir
  23. Nossa eu tenho as mesmas coisas que vc o.ó que doença será? depressão? eu estou desmotivada com a vida =x isso é mt ruim. ja pensei em fazer coisas como vc, mas não consigo... não pq não quero, mas pq não dá mesmo. e ngm entende, =x mas enfim. vou seguir algumas das suas dicas ;D e me conte como vc está se saindo!

    ResponderExcluir
  24. Cuidar mais de mim é uma das coisas que mais incluo nas listas de necessidades e confesso que nem sempre cumpro, acabo me deixando de lado muitas vezes ;/
    Mas ó, mudando de assunto, adoreei seu blog, achei um amor e o conteúdo também!
    Beijão
    http://closetcriativo.com

    ResponderExcluir
  25. Tantas são as vezes que as mudanças derrepente aparecem e não estamos preparados para acolhe-las! Espero que fique bem ♥
    ~ gislei.com

    ResponderExcluir
  26. Tô aqui te enviando as melhores energias ;D
    E ó, só o fato de você ter reconhecido que você não é assim, apenas está assim já é um grande passo. Aquilo que você é, principalmente nessas fases, é bem diferente daquilo que você está.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  27. Eu estava assim uns meses atrás (incluindo a parte do psicologo e tal) e acho que é estresse, se você não está contente com alguma coisa, procure focar mais a cabeça no que te faz bem. Eu estou indo caminhar todos os dias, voltei a estudar (finalmente) e ando também treinando as skills no desenho, super apoio você e espero que dê certo!

    Beijos, Jana
    sokawaii.com.br

    ResponderExcluir
  28. Só o fato de você aceitar que está doente já é um avanço e tanto na sua situação.
    Agora só resta ter fé em Deus e que tudo isso vai passar, você terá um tratamento,
    vai voltar a viver bem, sem nenhum desses problemas atuais, vai trabalhar, sorrir,
    ser feliz como antes. Apenas peça força e vontade a ele, passei por um momento desse
    nos últimos meses, não tinha vontade pra nada sabe, estava completamente mergulhada na depressão
    e Deus foi o que mais me ajudou, o que me reergueu e fez de mim aquela menina feliz e que sorria com tudo, aquela menina de antes dos problemas aparecerem e me derrubarem.

    Tenha força, fé, busque sua familia, seus amigos, se agarre ao que você mais ama na vida e tire
    disso sua força pra lutar, pra sobreviver e vencer definitivamente seus medos. O blog me ajudou muito nessa tentativa de voltar a ser eu mesma.

    Boa sorte, desejo que tudo dê certo pra ti e se precisar de algo, pode contar comigo viu.
    Conheci seu espaço agora, não te conheço, mas entendo o que está passando.

    Olha ai, você tem esse lindo talento do desenho *-* faz bem voltar a arte, tanto fotografia,ou desenho. Agora é partir pra mudança e ser feliz.
    Beijinhos :*
    http://vidadebloguette.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. essa de ser mais otimista é bem pra mim.
    super necessito. acredito muito nisso de "a gente atrai o que a gente transmite".
    espero que você consiga melhorar em tudo que precisa lindona! beijão ♥

    www.bygarotas.com :: www.youtube.com/bygarotas

    ResponderExcluir
  30. Oii, não conhecia teu blog, adorei tudo desde o que escreve até seu layout todo arrumadinho e tals.

    Deixo pra vocês os 3 F.
    Foco,
    Força e
    Fé, fé em Deus que tudo dará certo :D

    Precisando de disposição é só falar :* :* :*

    ResponderExcluir
  31. Acho que estamos com a mesma doença então, porque nossa... Não estou me sentindo bem da mesma forma que você, ando desanimada, querendo resultados sendo que não faço nada, não me esforço pra conseguir as coisas que quero. E admito que ia começar a caminhar hoje pra melhorar minha disposição, porque ando acordando mais de 13:00 da tarde, imagina... Durmo tarde acordo tarde, e acho que isso estraga nosso dia, porque temos que fazer as alimentações certas também, temos que nos mover! Eu não faço exercicios a muito tempo, meu corpo dói, não tenho memória pra nada também, sempre esqueço as coisas que me falam... É bem estranho, mas pretendo melhorar isso também. :)

    www.nahboa.com

    ResponderExcluir
  32. Gabi! Quanta coragem sabia? Tenho certeza que estas suas metas darão certo e te ajudaram a superar este quadro! Os primeiros passos - importantíssimos - você já deu: se assumir doente e procurar ajuda.
    Tô na torcida!
    Um beijo enorme e se cuida direitinho, tá?

    ResponderExcluir
  33. Olá, fofura! Descobri que tinha ganho um espacinho aqui por uma pessoa que veio me encomendar uma ilustração (e ela disse que me conheceu pelo seu blog!). Poxa, muito obrigada! Fico muito feliz de te servir como inspiração e motivação. E adorei sua lista de coisas pra fazer, me motivou até a fazer uma pra mim. Um cheiro e boa sorte com todos os planos! ♥

    ResponderExcluir
  34. Vivo anonimamente por aqui, e hoje, resolvi te escrever, de cara limpa, que eu espero que tudo esteja dando certo. E que você é uma menina doce e corajosa, também te peço que antes de desistir, venha aqui e leia tanto os comentários de quem acompanha seus textos, quanto as palavras ternas que você mesma escreve.
    Tudo de bom, tá? :*

    ResponderExcluir
  35. Gabi, eu entendo você. E como entendo. Sofro do mesmo problema e sei como é difícil. Tudo que posso dizer e desejar é que você procure ajuda. Muita força. Fique bem.

    ResponderExcluir
  36. Fazia tempo que eu não passava por aqui. Me identifiquei tanto com esse post. Bem que você poderia pôr na sua rotina postar mais no blog rs. Cuidar mais de mim entrou para minha lista de metas esse ano, desde que passei a morar sozinha, me cuidava muita mal, comia em horários errados e ficava com tontura em alguns momentos do dia por não comer direito. É tão engraçado suas práticas se parecerem tanto com as minhas, também quero desenhar mais, fotografar mais, fazer o que sempre gostei. Poucos entendiam no começo porque eu não saia muito e ficava na minha, só não me sentia animada mesmo, não tenho facilidade para fazer amizades.
    Enfim, eu espero que você esteja indo bem. Faça tudo o que gosta de fazer, "não jogue fora nenhuma parte de si". <3 Beeijos.

    ResponderExcluir
  37. O negócio é: se ocupe com coisas que te façam bem. Caminhar de manhã também ajuda muito. Além da estética, acalma e te deixa mais relax pro resto do dia. Espero muito que você fique bem. Bjs.

    jessica do donaurbana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Por favor, compartilhe sua jornada com a gente... preciso :/

    ResponderExcluir
  39. Cara eu to tipo voce nesse texto, espero que esta fase esteja passando ! Na boa tenho tudo , familia perfeita , filha linda, casa, comida e pessoas querendo ser minhas amigas ! Mas acho - me muito anti-social e sinto que falta alguma coisa, eu sei que tenho que correr atras mas como voce disse nao e preguiça e nem fala de vergonha e sim porque falta uma certa disposiçao ! Amei o texto , beijos

    www.conversasfeminiinas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Força Gabi, crie forças e melhore a sua vida ;) Beijos!!

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados