um blog de inspirações e expirações

9.5.13

minhas impressões sobre os livros do João Verde


Em setembro de 2012 eu li A Culpa é das Estrelas, e ele se tornou um dos meus livros favoritos, além de ter me deixado até hoje em um relacionamento imaginário e platônico com Augustus Waters. 

Em abril de 2013 eu li O Theorema Katherine e Quem é você, Alasca?, e esses dois se tornaram minhas pseudo-decepções favoritas, além de ter me deixado morrendo de raiva da Alasca. 

Acho que é isso que acontece quando a gente deposita muitas expectativas em um autor, esperando que ele repita o mesmo insight daquele livro maravilhoso em todas as suas outras obras. OTK e QeVA? (usando siglas para facilitar) não são livros ruins, embora OTK beire mesmo a ruindade, eles apenas não são tão bons quanto ACEDE. Minhas impressões de cada um deles: 

Sobre A Culpa é das Estrelas, eu já derramei lágrimas arco-írisadas aqui

O Teorema Katherine é bom, mas é quase ruim. Não tem aquela aura especial (ok, foi meio estranho usar esses termos, mas acho que vocês entendem) e me deu aquela sensação estranha de que o livro saiu do nada para o lugar nenhum. Os protagonistas não são tão carismáticos, com exceção do Hassan que é um dos melhores personagens que conheci nos últimos tempos, ele é realmente fabuloso, brilhante e engraçado, e só por ele vale ler OTK. Gostei da ideia geral do livro – um garoto que namorou 18 Katherines (18 e não 19) e, a partir disso, criou um teorema que analisa os relacionamentos – mas, não gostei do desenrolar. Eles vão parar no interior dos EUA e conhecem algumas pessoas e seus respectivos problemas de vida e pronto. Algumas partes isoladas são boas e engraçadas, também selecionei vários trechinhos do livro, mas no apanhado total só consegui dar 3 estrelas. 

Quem é você, Alasca? é bom E NÃO É quase ruim. É bom mesmo, mas algumas coisas me irritaram muito e acabei não sendo conquistada por esse livro. A primeira coisa: Alasca é terrivelmente chata. Chata, chata, chata. De um jeito absurdo, chata. Ela tem uma inconstância própria da natureza/DNA/nascença dela, mas não é uma inconstância normal. É como se fosse bipolaridade, mas em nenhuma parte do livro há indicação que ela sofra dessa doença, o que para mim quer dizer que ela é só um daqueles seres humanos que fazem você morrer de ódio deles. A historia se passa num colégio interno, mas o foco é todo nos personagens mesmo. O livro é separado em um ANTES e um DEPOIS e os capítulos do livro são nomeados de uma maneira curiosa: xx dias antes, na primeira parte e xx dias depois, na segunda parte. E enquanto eu lia, ficava pensando que raio de acontecimento fatal e denominador de rumos era esse que foi grande ao ponto de centralizar e dividir um livro. Quando eu cheguei no acontecimento fatal e denominador de rumos que centralizou e dividiu o livro, gritei mentalmente um sonoro e meio confuso O QUÊÊÊÊ? Gente, sério, eu fiquei abismada, porque você espera qualquer coisa, menos o que de fato aconteceu. E como ainda era mais ou menos a metade do livro, achei que o restante seria boring. E foi mesmo, mas não tanto como eu esperava. Tive raiva do mocinho da historia também porque ele era um pirralho imaturo que ficou cego e burro de amor. As pessoas realmente ficam cegas e burras de amor, e isso é o que encanta e chateia no ser humano. E eu tive muita raiva dele na segunda parte do livro, maior do que a que eu tive na primeira parte pela Alasca. 

Olha o quanto eu falei de QeVA?... Ele tem um impacto muito maior sobre você do que o sem sal OTK, não sei se pelos acontecimentos ou pela possível identificação com algum dos personagens. No fim das contas, eu gostei, mas também só dei 3 estrelas. Ainda pretendo relê-lo no futuro. 

Para quem já leu QeVA?, duas coisas: 
1. Fiquei com pena da garota roméééééna. 
2. Eu não acho que foi de propósito. 

Talvez tenha sido culpa das minhas expectativas. Talvez OTK e QeVA? não sejam mesmo melhores que ACEDE. Talvez eu nunca descubra o porquê do meu amor literário ter rejeitado esses dois outros livros. 
E vocês, já leram os livros do John Green? Qual é o favorito? Deixem nos comentários, eu quero saber se só eu sou anormal aqui, haha. :DD


O título dessa postagem foi devido a uma brincadeira
com o nome do John Green, feita no Clube do Livro.

38 comentários:

  1. To muito afim de ler a ulpa é das estrelas e o teorema *-*
    Só me falta tempo haha

    ResponderExcluir
  2. Li ACEDE e meus hormônios da felicidade, da tristeza, da razão e da adrenalina transbordaram meu corpo. Ri; chorei; ri; ri; chorei; parei de ler porque não queria que acabasse; voltei;chorei... E, te digo que não fiquei olhando muitas resenhas dos outros livros, mas não pensava que a diferença entre eles seria tão grande... Com certeza irei ler os outros livros do John Green - e talvez até os ache bom, já que tu abriu meus pensamentos sobre "esperar demais pelos livros do John Green" haha.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Eu não li OTK ainda, mas... Quem é você, Alasca? >>> ACEDE, pra mim, rs.

    ResponderExcluir
  4. Então, A Culpa é das Estrelas, pra mim, é uma das obras que me fazem dizer que a minha existência vale a pena porque ela existe, sabe assim? Eu digo isso sobre Harry Potter e sobre A Culpa é das Estrelas. E sobre Friends, Grey's Anatomy e A noviça rebelde. Então veja que é um patamar limitado, que supera 5 estrelas, supera 100 delas, sabe?
    Aí eu li Alasca e eu gostei muito do livro, amo as reflexões, mas né? Não gosto do contexto, também achei a Alasca uma chata, mas amei as reflexões e acho que leria muitas vezes por causa delas!
    E OTK, nunca vi alguém descrever tão bem quanto você. Ele é realmente quase ruim, chega bem perto disso, é meio irrelevante, mas tem o Hassam! E ele faz, realmente, tudo valer!
    badalhoca!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Hhahahaha achei que você ia falar que os livros eram excelentes haha.
    Nossa, tenho e não tenho vontade de ler o das estrelas; as pessoas falam muito bem dele mas ele soa como esses livros pop's todos iguais, sabe? Mas com certeza quero ler! Os outros eu não conhecia.
    Beijos

    Helena - https://hassdc.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Eu com certeza vou ler A Culpa é das Estrelas, esse livro já está na minha lista desde quando minha amiga leu e disse que era perfeito e triste ao mesmo tempo. Eu queria saber um pouco mais sobre O Theorema Katherine, parece ser legal também. Eu não conhecia o "Quem é você, Alasca?" e, primeiramente, pensei que Alasca fosse o lugar e não a pessoa, haha. Interessante. Adorei o post!

    Xx
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha eu tbm achei q a ALASCA fosse um lugar....

      Excluir
  7. Sou louca pra ler A culpa é das estrelas! OTK e QeVA? também, porque a gente sempre pensa que vai ser outra maravilhosa obra do autor. Quando ler volto aqui pra dizer o que achei.
    Beijos.
    doceilusao.com/

    ResponderExcluir
  8. Ninguém consegue acerta em todas, dai gera o que a gente chama de quebrar cara por criar expectativas sobre os outros títulos. Já diziam que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. É a vida.
    E outra coisa chata é autores que ficam famosos assim, bem rápido como o John, todo mundo decide falar das mesmas coisas, em todos os lugares.

    Boa noite, "_"

    ResponderExcluir
  9. João Verde, ahahahah, adorei.
    Olha, não li nenhum livro dele ainda, mas é impressionante o quanto as pessoas comentam sobre A culpa é das estrelas. Tô começando a ficar interessada por ele, se eu o ver em promoção, vou chorar pra comprar XD
    Li em um blog esses dias, não lembro qual, sobre OTK e não me interessei por ele... achei meio podrinho, na verdade.
    E sobre QeVA? eu fiquei curiosa pela capa e pelo nome na primeira vez que vi o livro. Não comprei, não li sinopse, nem resenha, nem nada, mas fiquei receosa de ler agora depois que tu disse que a menina é chata. Personagens chatos não dá...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Estou super seletiva com os livros dele. Quer dizer, estou enrolando por motivos diferentes: "A culpa é das estrelas" eu sempre vejo ótimos comentários, mas todos falam que é super triste... Então estou enrolando. Já o "Teorema Katherine" foi o contrário: eu queria muito ler mas comecei a ver todos os comentários dizendo que é super mediano e tal...
    Enfim! Adorei o seu post. O último livro eu ainda não conhecia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Faz tanto tempo que quero ler A Culpa é das Estrelas e até hoje não consegui :( Mas mesmo você não gostando tanto acho que fiquei com vontade de ler O Theorema Katherine HAHAHAH
    Ah, eu te indiquei pra fazer uma tag de livro, vê lá no meu blog!

    www.themelodyinside.com

    ResponderExcluir
  12. "João Verde" hahah, confesso que só me toquei ao ver a foto. ;P Eu ainda não li os livros dele, acho que por receio de me decepcionar, já que em todos os cantos da internet alguém sempre os rasga em elogios. Mas logo logo terei que enfrentar esse receio e tirar minhas próprias conclusões.

    Enfim, belo post Gabriela
    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus, se eu disser que estava pensando em um post similar à esse, acho que ninguém acredita. A verdade é que John Green, na minha opinião, é um gênio. Li (na verdade, devorei) A Culpa É Das Estrelas e estou, realmente, adorando O Teorema Katherine. A complexidade do Colin, a busca pelo "fazer algo grande"... Digamos eu me identifiquei um pouco. Não tanto quanto me identifiquei com a brilhante Hazel Grace, e também não o adoro como adoro (admiro, amo, vivo) o Augustus Waters, mas o Colin está me conquistando aos poucos, por assim dizer. Sobre Quem É Você, Alasca?, eu só ouvi bons comentários. Na verdade, uma colega minha leu e disse "NUNCA MAIS LEIO DE NOVO", mas então um amigo nosso me explicou que era por causa do final, o que só aumentou a minha curiosidade. Toda vez que pergunto à alguém que leu, a reação é de raiva e, depois, de satisfação, e isso me lembra um pouco A Culpa É Das Estrelas (afinal, quem, em sã consciência, queria o final que teve aquele livro, ainda que já esperasse?). Por isso, minha vontade de ler só aumenta. "João Verde" se tornou, com um livro e meio (por assim dizer) um dos autores que mais me fizeram sentir os personagens (perdendo o posto de primeiro lugar para o digníssimo Markus Suzak, que, apesar d'A Menina Que Roubava Livros ter sido a coisa mais brilhante que eu já li, também parece ter vacilado um pouco no outro livro, O Azarão. Será que é sorte de principiante?).

    ResponderExcluir
  14. Achei tão bonitinha a capa do Teorema Katherine. ;) Vou confessar que, principalmente por causa da capa, fiquei com vontade de comprar esse livro. Mas aí enrolei e não o comprei.

    Li A Culpa é das Estrelas e achei a história linda e emocionante. Tenho tantos livros p/ ler (mania de comprar livros com vários p/ serem lidos) que vou adiar mais a compra desses outros dois do "João Verde" (principalmente agora depois do seu post, rs).

    ResponderExcluir
  15. Eu estou louca pra ler A Culpa é das Estrelas!
    Não preciso nem falar que amei o seu post.
    Já seguindo aqui!
    Beijos' ♥
    http://umqfeminino.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Li A culpa é das estrelas e achei lindo demais mesmo, ganhei de presente O teorema de katherine e ainda não li, depois que ler todos os que tenho para ler, quero comprar Quem é você alasca?, mas antes preciso fazer meus óculos. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Hahaha, eu também fiquei com pena da garota roméééééna. Mas o meu problema com esse livro foi que não me identifiquei com nenhum dos personagens, não gostei de nenhum daqueles pirralhos! E esse tema 'aventuras da adolescência' já está muito batido na minha cabeça, de modo que pra eu gostar mesmo, a história precisa ter algo a mais, como acontece com A Culpa É Das Estrelas. Amei esse livro muito, principalmente a parte de Amsterdã. Uma história forte, divertida, marcante e humana. Gostei muito mesmo, e como você, me decepcionei com QeVA, apesar de não ter criado grandes expectativas.

    ResponderExcluir
  18. Então, Four, esse é meu assunto favorito. Então vamos lá. hahaha
    Acho que ler John Green merece todo um procedimento. Não é livro pra adolescente como qualquer outro, merece uma interpretação especial. Acho que todo e qualquer livro dele que você fosse ler estava mesmo fadado à decepção porque começar por ACEDE é isso. ACEDE é a obra-prima, você vai esperando encontrar a mesma coisa e não é.
    Agora, continuo achando os outros preciosos. Os personagens são chatos mesmo. É pra ser assim. O John mesmo tem vídeo e texto falando sobre essa relação que o leitor espera construir de amor/amizade com um personagem que nem sempre foi feito pra ser amado. Os personagens dele geralmente são insuportáveis e imaturos, é bem proposital porque todo livro dele envolve descoberta e aprendizagem. Tem uma comparação entre o personagem antes e depois. Tanto é que ele bebeu horrores na fonte do J. D. Salinger e o Holden Caulfield é o personagem mais errado na ficção. Ainda assim, sou apaixonada por ele justamente por isso.
    Enfim, entendo seus problemas com os livros, é impossível competir com a expectativa ACEDE. hehe
    João Verde! <3
    Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Por enquanto só li um livro do João Verde (a culpa é das estrelas) e adorei! Eu queria ler os livros do John em parceria com outros autores, algo que ele faz muito, mas acho que não vão lançar aqui no Brasil tão cedo ):

    ResponderExcluir
  20. "João Verde" HAHAHAHAHAHA
    Não consigo nem comentar direito :'D

    ResponderExcluir
  21. Oi Gabriela, primeiro que eu adorei seu blog. Parece que estou entrando na casa de uma velha amiga, haha intimidade não? Mas adoro essa sensação em blogs que visito pela primeira vez. Bom, do doce João Verde, só li 'A culpa é das estrelas' e realmente to apaixonada até agora. Já que você gosta de ler, te convido a ler os meus textos, espero que leia e que goste. E que possamos manter contato, afinal casa de 'velhos amigos' é pra voltar sempre né?

    Beijoss
    http://venenosemacas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.S: não consigo seguir o blog :/

      Excluir
    2. Oii Tainá, vou dar uma olhadinha no seu blog :))

      Sobre o seguir, não sei o que pode ter acontecido, acabei de testar o link e está normal.

      Excluir
  22. É, eu preciso ler A culpa é das estrelas. Recebo ótimas recomendações.
    Não conhecia os outros.

    :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Não li nada do John Green até hoje. NADA mesmo. Nem o ACEDE que todo mundo estava lendo um tempo atrás. Eu sou assim, costumo só ler as coisas eras depois que todo o resto do mundo leu. Mas um dia lerei, e aí vou poder dar uma opinião minimamente relevante. Criar expectativas realmente é quase sempre um desastre, mas às vezes o momento simplesmente não é certo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  24. Bom eu amei Acede e pelo que você descreveu ai acho que vou adorar O Teorema Katherine haha.
    Posso me decepcionar né?
    Vai saber sumida!
    Quando eu ler te falo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oie.
    Falam tão bem do ACEDE que não sei oq pensar, não consigo me empolgar a ler esse livro...
    O QEVA há muito tempo tenho vontade de ler, li a sinopse uma vez e achei interessante, mas resenha nunca tinha lido. Com certeza são muitas opiniões e a sua foi uma bem diferente, pq tu não falou bem do OTK, então acho que só lendo mesmo pra dizer algo.

    Bjoooos

    ResponderExcluir
  26. Ainda não li nenhum livro dele, mas já tenho A Culpa das Estrelas e O Teorema Katherine na estante. Gostei das resenhas e espero também não criar muitas expectativas pelas histórias. Acho que em agosto lançam o Paper Towns e estou querendo lê-lo antes de tudo. Vamos ver!

    ResponderExcluir
  27. Eu ainda não li nenhum livro dele, mas fiquei bastante interessada. :)
    Todas as histórias parecem boas e "A culpa é das Estrelas" está na minha lista tem bastante tempo.. E olha, JOão Verde foi o melhor nome, hahahaha. Eu não ia ligar o nome ao autor mesmo!

    Pale September

    ResponderExcluir
  28. Eu gostei bastante de Quem é você Alasca?, até mais do que a Culpa das Estrelas, e o Teorema de Katherine só não é tão ruim porque a escrita do John Green é incrível. Mas acho que são livros que não valem a pena serem lidos um atrás do outro, porque querendo ou não os personagens dele são bem parecidos, todos tão 'perfeitos' que são irritantes e cativantes ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
  29. Já li os três, o meu favorito é o ACEDE, é PERFEITO, e também estou em um relacionamento com Augustus hahaha, ele é perfeito, como é a Hazel. O OTK não me cativou é meio entediante. QeVA eu adorei, não quanto ACEDE massss... Também acho que NÃO foi de propósito, e fiquei com raiva, MUITA raiva quando passei dessa parte. Meu, não da pra descrever a raiva que eu estou kkk eu acabei de ler ele faz umas 2 horas, ainda estou em depressão pós-livro. Mas ok. Queria ler Paper Town, que é dele também, mas todas as resenhas que achei todo mundo fala que é horrível :/ Então ainda não criei coragem... hahaha
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  30. O john green tá bugando meu cérebro.Sério,eu ainda não sei como me senti sobre ACEDE.
    garota-inflamável.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Eu odiei esse livro a culpa é das estrelas... muito mal escrito. Muito forçado. Com um vilão mal feito. Me lembrou muito as obras de Nicholas Sparks que é tão ruim quanto John Green. Pra mim geral gosta porque é modinha tipo a série Crepúsculo. Me arrependi amargamente de ter comprado um livro tão ruim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Anon, eu gosto muito, muito dele. E achei bem escrito sim.

      Se quiser me doar seu exemplar, eu aceito e agradeço hahhaha
      Acredita que até hoje eu não tenho um?

      Excluir
  32. ACEDE é o meu favorito, sem dúvida. Comprei O Teorema Katherine com o meu primeiro salário e me arrependi! #mimimi (Não tentei ler nenhum outro livro do John Green depois desse.)
    P.S.: Te adicionei no Skoob! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de Acede, as coisas ficam meio decepcionantes mesmo, porque a gente sempre espera que o próximo livro seja maravilhoso também :s
      Te aceitei, bj bj

      Excluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados