um blog de inspirações e expirações

13.10.12

feito bunda, cada um com a sua

Assim, só que não. (daqui)

“Prefiro beber gasolina a ter que ouvir a sua opinião.”
“De acordo com o horário oficial de Brasília, está na hora de você pegar sua opinião e ir para o inferno.”
“Opinião para mim é igual a cu: eu acho que vocês estão dando muito.”
“Faltam 72 dias para o fim do mundo, não dá para perder tempo ouvindo a sua opinião.”
“Não é assassinato se a pessoa dá a opinião de mais.”
“Algumas pessoas estão precisando de uma cirurgia de redução de opinião.” 


Como boa viciada em Facebook que sou, passo um bom tempo vendo as atualizações de algumas páginas que acho legais, mas ultimamente tô de saco cheio de ver tantas vezes a mesma coisa em vários lugares. São páginas que eu curto porque postam coisas legais, que acho engraçadas e/ou interessantes, só que às vezes repetem incansavelmente que opinião alheia não é importante. O que tem de tão legal em ficar repetindo que opinião a gente só dá quando alguém pede? O que tem de tão errado em ser uma pessoa que pensa e tem senso crítico? Não vim montar um altar para a liberdade de expressão, mas já montando: ela está aí, ela existe para ser usada. Cada um tem sim o direito de falar o que pensa, e graças a Deus pensa! (Ok, nem sempre, mas não estraguemos a linha de raciocínio do meu texto.) 

Eu, particularmente, acho uma babaquice ficar batendo nessa tecla. Eu gosto da sua opinião, eu quero sim que você a distribua, mas, sobretudo, faça isso por você, porque você tem um cérebro que pensa, uma laringe que produz sua voz e uma boca que a põe para fora. Exercite isso, sim? Se opinar fosse pecado humanitário não teríamos as críticas, não saberíamos onde mudar, o que precisa ser modificado em termos gerais. Também não teríamos os elogios, esses que as pessoas gostam tanto de ouvir. Deve ser esse o problema: opinião nem sempre é elogio. Opinião às vezes incomoda, porque cutuca bem no ponto V. Verdade. Essa que a gente nem sempre quer enxergar, muito menos tê-la jogada na cara. 

Outro ponto que acho interessante e válido ressaltar é sobre nós, blogueiros, que usamos nossa opinião a cada texto publicado, e a cada comentário feito em textos de colegas de blogosfera. Alguém pediu essas opiniões? Mesmo assim elas estão aí, preenchendo essa internet de pensamentos bons, inteligentes. Sou defensora ferrenha de publicação e exaltação da opinião. Se tiver algo para dizer é porque pensou, e se pensa já vale um crédito. E nem venha me dizer que tem gente que fala sem pensar, isso não é verdade, tecnicamente. Todos pensamos antes de dizer alguma coisa, a questão é que esbarramos de novo naquela verdade que não queremos ouvir. Ou numa cultura e princípios que são diferentes dos nossos, daí o estranhamento, a repulsa e a falta de gentileza e de interesse no que é humano como pessoa. Eu sou estranha e assim tão absurda por querer, por gostar de saber o que as pessoas pensam sobre determinado assunto? Será que a sua opinião é igual à minha diante de determinada coisa? Veja esse moço da imagem abaixo. 



Eu o acho magnífico e interessante, mas será que você o vê da mesma forma? Mesmo que algumas pessoas tenham a mesma opinião acerca dele que a minha, isso nunca será unânime. Sua percepção e o seu campo de visão são os mesmos dos meus? Tuas experiências vividas até hoje moldaram tuas concepções de maneira igual às minhas? Cada pessoa é um ser diferente, único, e a opinião dessa pessoa é uma das formas de diferenciar e a manter única. É uma das formas de mostrar quem ela é. E isso é mais do que importante. 

Por tanta coisa dita, seja uma Puta das Opiniões: pegue a sua e dê para quem você quiser. 
“Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.” Voltaire, meu querido, faço das suas, minhas palavras.

17 comentários:

  1. Opinião é mesmo uma merda quando não é a sua e quando você não pede. Pior é quando discordam da sua, e...

    Enfim, engraçado a primeira foto.
    Bjws "_"

    ResponderExcluir
  2. acho que só devemos expressar nossa opinião quando alguém pede.

    ResponderExcluir
  3. Gagi, fazia muito tempo que não passava por aqui.
    Pura preguiça de visitar blogs mesmo.
    Mas acho que consegui colocar a leitura em dia e só estou escrevendo pra dizer que estás cada vez melhor e continuas sendo minha favorita. :)
    E ainda descubro que além da sensibilidade ao "brincar" com as palavras, agora também a usa na fotografia. Adorei a novidade.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Sou a favor da liberdade como vc citou. Até porque, se a pessoa não quisesse a opnião alheia, ela não postava nada, certo? Porque o principio básico do facebook é reunir amigos, postar conteúdo para esses amigos verem, e consequentemente curtir/comentar.
    Nos blog a mesma coisa: não quer ouvir a opnião dos outros, então pra que posta? Vai escrever num diário!!
    E ainda assim existe a opção de não permitir comentários, então, sorry.

    Belo texto esse!!

    ResponderExcluir
  5. Eu coloquei a opção de comentar no meu blog justamente por isso que dissestes: queria saber o que pensavam as pessoas pensavam do tema que falei. As vezes a 'opinião alheia' é bem vinda; especialmente quando nos ajuda a a resolver um problema ou a ver as coisa desde outra perspectiva. Já por nao falar de que é uma boa de fazer novas amizades.

    Acho que se algo for dito com educalão e com o fim de ajudar, opinar não tem mal. Mas agora quando é para destruir o outro, a sua autoestima... :X


    Gostei do novo design. *_*
    Beijokas

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Opinião é uma coisa que cada um tem a sua,deve haver sim o direito a liberdade de expressão e aquelas pessoas que falam o que querem de todos devem também escutar o que o outro lado tem a dizer,igualdade não é mesmo?!
    O que nos diferencia dos demais é o pensar!
    um ótimo domingo,=)

    ResponderExcluir
  7. Voltaire sabia das coisas.

    Olha, eu penso que a opinião, me geral, deve ser dada, sim. Não há nenhum assunto realmente sagrado que não possa ser contestado ou discutido. Como boa aquariana que sou, amo uma argumentação e faço disso praticamente a minha vida.

    E o cara é realmente muito interessante. ♥

    ResponderExcluir
  8. Sinceramente, concordo contigo. E essa questão é ainda mais profunda e/ou ambígua no que se refere às redes sociais. O pessoal tem zilhões de amigos em seu perfil e, tudo bem, posta o que quiser, o perfil é seu. Mas daí vir com: propaganda política, bebês vestidos de adultos, crianças morrendo na África e por aí vai... E, se eu expresso a MINHA OPINIÃO quanto a isso, neguinho ainda acha ruim e diz: "tá incomodada? Bloqueia!".
    É. Opinião. Cada um tem a sua e quase sempre é desrespeitado por ela.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Isso me lembra que no Filmow (aquela rede sociais de filme rs) eu escrevi meu comentário com vários argumentos do porquê não gostei do último filme do Batman e recebi vários dislikes ahsuidahsdui (sim, os dislikes foram porque eu não gostei do filme). Enfim, concordo com a sua opinião, todo mundo tem o direito de se palestrar sobre determinado assunto, não é porque eu tenho uma visão diferente que devo me incomodar com o fato do outro dar sua opinião.

    Beijos, Vickawaii!
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  10. Adorei o post e amei demais a citação de Voltaire no final, resumiu tudo lindamente *3* (amo Voltaire)
    Concordo plenamente com você, coisa mais chata ficar implicando com a opinião dos outros :x
    Beijinhos!

    Ann
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Sempre arrasando nos textos, e textos na maioria das vezes fortes, da opinião mesmo quando não se pedi, se você fala consequentemente vai ouvir a não ser que a pessoa que esteja ouvindo (ou lendo) seja inerdi a tudo que se passa naquele momento e não queira dar sua opinião (enrolou tdO né, rs?)...Como sempre arrasando na criatividade pra fazer layouts, parabéns o novo lay tá um luxo menina!
    BjoO!

    ResponderExcluir
  12. Ser uma "Puta das opiniões" hauahuaha amei! Acho que todo blogueiro (a) é meio prostituo de opiniões, acho que a gente deve falar o que pensa e o que tem vontade, se a outra pessoa vai levar isso em consideração já não é mais problema nosso.
    PS: Cá pra nós, vi um vídeo desse rapaz (esqueci o nome dele)sem as tatuagens, acho que era um vídeo de uma técnica de maquiagem para esconder tatuagens. Gente esse cara, é lindo! Falei!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Gabi, sua abusada rsrs ( num ótimo sentido). Daí vc pergunta tem sentido bom nisso?! Tem sim. Vc é ousada no pensar e no falar, adoro isso. Texto ótimo!
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Puts não concordo muito, acho q a pessoa deve defender a opinião dela e aceitar a dos outros, mas nem sempre se deve dar opinião de tudo.

    Bjos...

    ResponderExcluir
  15. Olá! Eu acompanho sempre seu blog. Se poder seguir o meu, http://alegoriaseparadoxos.blogspot.com.br/, fico agradecida :D
    BJS

    ResponderExcluir
  16. Concordo também que só devem expressar opinião quando pede. Eu por exemplo, tô sofrendo muito com isso na minha atual fase - GESTANTE. É um saco as opiniões alheias, tudo repetitivo e nada realmente produtivo. Teve casos que parti pra grosseria para que as pessoas se tocassem que estão falando demais e enxendo a paciência alheia.

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados