um blog de inspirações e expirações

12.9.11

sonhe-me nas suas noites mais escuras



Era isso que ele me dizia sem saber que dizia. Mas dizia. Com o andar de mãos nos bolsos, com o jeito acanhado de cumprimentar, o olhar encabulado de quem não quer chamar atenção para si. Mas chamava. Tudo em mim respondia aquele chamado involuntário que já dobrando a esquina, lá ainda meio longe, meio embaçado na vista, bradava silenciosamente: sonhe-me nas suas noites mais escuras. E eu sem pestanejar o sonhava nas minhas noites mais escuras, nas mais claras, mais frias, mais quentes...
O sonhava como uma esperança bonita de que essa velha companheira solidão se dissipasse como se desmancha um desenho na água. Eu o sonhava como aquele impossível que a gente insiste em querer apenas para sentir a fina tortura de não poder ter. Mas, engano, eu o tinha todas as noites nos meus sonhos mais febris. Eu o tinha como algo meu, feito exclusivamente para minha forma, só cabia nas minhas medidas. E me ardia como aqueles amores confusos de personagens apressados de novela das oito. Mas eu nunca reclamei da ardência, nem da ausência, nem dessa ilusão de continuar alimentando sonhos. Eu o tinha guardado onde nada podia desfazer o laço. Longe demais para um toque, perto demais para um toque.

27 comentários:

  1. E num é assim que acontece mesmo! very funny.. =|

    ResponderExcluir
  2. "Eu o sonhava como aquele impossível que a gente insiste em querer apenas para sentir a fina tortura de não poder ter."
    Você quer deixar a gente sem palavras, não é? Foi direto no meu ponto fraco... ^^

    ResponderExcluir
  3. eu gosto de sonhos porque neles a gente não pode mandar, o problema é que na maioria das vezes só lembramos dos sonhos que devemos esquecer .-.

    beijas, sua linda paçoca ;*
    s2

    ResponderExcluir
  4. Olá, passando por aqui e adorei seu blog, continue tendo inspirações *-*, visita meu cantinho também :
    http://reverseobrlife.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. "O sonhava como uma esperança bonita de que essa velha companheira solidão se dissipasse como se desmancha um desenho na água"
    Eu já tive esse sonho. Uma, duas.. mil vezes. E a cada "acordar", eu fui me esquecendo de sonhar.
    Hoje, eu posso até ter esse sonho, mas não acredito nele mais!

    Gostei do texto!
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  6. "O sonhava como uma esperança bonita de que essa velha companheira solidão se dissipasse como se desmancha um desenho na água"
    Eu já tive esse sonho. Uma, duas.. mil vezes. E a cada "acordar", eu fui me esquecendo de sonhar.
    Hoje, eu posso até ter esse sonho, mas não acredito nele mais!

    Gostei do texto!
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Acho que isso exige trilha sonora. "Perto e Distante" da Tiê, para ser mais clara. Lindo, lindo. Beijão.

    ResponderExcluir
  8. Mas eu nunca reclamei dessa ardência, nem da ausência, nem dessa ilusõa de continuar alimentando sonhos.
    Somos duas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. "Longe demais para um toque, perto demais para um toque." Essa frase resumiu tudo..

    ResponderExcluir
  10. "Longe demais para um toque, perto demais para um toque."

    O toque não faltou, querida. Você o provocou em nós!

    ResponderExcluir
  11. "Longe demais para um toque, perto demais para um toque." É sempre assim néah? A vida insiste em dificultar tudo... =[

    Foi Lindo Gabs!! ♥
    Saudades!

    ResponderExcluir
  12. "Eu o tinha guardado onde nada podia desfazer o laço." nem se tentasse..

    beijos linda :*

    ResponderExcluir
  13. "Imagine você aqui" é muito criativo e convidativo...rs

    Abraço

    ResponderExcluir
  14. "Eu o sonhava como aquele impossível que a gente insiste em querer..."

    Sempre queremos o impossível.

    ResponderExcluir
  15. Fiquei encantada com a magia que fez para o uso delicioso das suas palavras. Encantou-me delicadamente.
    Já estou a seguir :)
    Abraços,
    Rosicler

    ResponderExcluir
  16. Que delícia de cantinho!!! Quero ficar aqui por mais tempo !!!!
    Adorei!!!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  17. Dona Gabriela eu vou te dizer que li seu texto até o fim inebriada! adoro quando os textos vem assim, banhados em sentimento verdadeiro que é conexão fácil para a alma!

    adorei.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Realmente tem pessoas e/ou sonhos que são feitos sob medida para alguém. Espere o desfecho final! Adorei o texto flor!

    ResponderExcluir
  19. "Longe demais para um toque, perto demais para um toque"

    o longe e o perto são questões tão binárias que se confudem e, no fundo, são uma coisa só (sem ser).

    ResponderExcluir
  20. Ás vezes, a gente não precisa expressão com palavras o que se quer ^^

    ResponderExcluir
  21. Às vezes é esta magia que permeia os amores são realmente elucidantes e imensamente satisfatórios, por preencher no coração esta sensação boa do amar. Nem tudo precisa ser enunciado, porque fica óbvio no ar, no coração.

    Lá onde o guardamos. O amamos...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Que texto lindo! As duas últimas frases fizeram total sentido pra mim, "Eu o tinha guardado onde nada podia desfazer o laço. Longe demais para um toque, perto demais para um toque", perfeitas! Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Sabe aqueles textos que você lê e você sente ele em você? Pois bem, o seu texto fez isso comigo. Eu o senti. E amei. Um beijo :}

    ResponderExcluir
  24. Ô blog bonito, meu pai! :)



    Já ando numa fase de não alimentar...


    Beijo

    ResponderExcluir
  25. Caracas, que post lindo! Acho que talvez aconteça com todos ou não sei lá haha
    Fazia muito tempo que não passava aqui, nem me lembro de como era o layout.. Mas enfim, tudo muito bacana, parabéns ;*

    ResponderExcluir
  26. não houve como não lembrar dessa música: http://www.youtube.com/watch?v=upnTg2GPgTM

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados