um blog de inspirações e expirações

18.12.10

sobre ser forte

E se não sararem os arranhões e os hematomas, vou assim mesmo, toda lapiada. Tantos vão assim, arrastando as pernas e os corações mancos. Há também os que param para chorar no meio do caminho, por uma dor aqui, um amor ali. Pois teimo que vou. Devagar e meio torta, com lágrimas dançando na cara. 
Vou buscar minha luz no fim do túnel.

Sempre em frente
Não temos tempo a perder
Nosso suor sagrado
É bem mais belo que esse sangue amargo
Tempo perdido ♪ Legião Urbana

28 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. muito profundo mesmo, concordo com a Carol. Seguir em frente é sempre o melhor caminho.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. lapiada tbm pode ser substituída por lapidada. mais bonita, mais trabalhada, sobra o que há de melhor.
    uma hora td fica tranquilo.
    lindo texto!
    ;)

    ResponderExcluir
  5. e eu tenho certeza que você irá encontrá-la, sua luz.
    talvez, nem precise ir ao fim do túnel... =)

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu post! Gosto de ler o que escrevem, pois só assim aumenta minnha sabedoria.
    Tmbém gostei de seu blog. Parbéns.

    Um beijo em seu coração.
    Um Feliz Natal.

    ResponderExcluir
  7. e se precisar de um suporte, pode me gritar :)

    beijas, paçoca linda :*

    ResponderExcluir
  8. Amo Legião! E esse trecho me encantou demais: "lágrimas dançando na cara". Lindo! :***

    ResponderExcluir
  9. Sempre em busca da luz...
    Lindo post *-*
    Amei teu blog =D
    =*

    ResponderExcluir
  10. E que se siga em frente, avante Gabi.
    Beijos.
    Lindo isso aqui.

    ResponderExcluir
  11. você me lembra clarice, é isso.
    seus textos se tornam lemas facilmente incorporáveis.
    É RARO. rs

    amei isso aí;

    ResponderExcluir
  12. arrastei meu coração manco até aqui pra te dizer o quanto eu gosto dos teus versos, moça.

    ResponderExcluir
  13. tão profundo. *-* as vezes, quando ameaça doer demais, a gente para mesmo no meio do caminho. e o caminho é longo e difícil, mas depois de tudo ver que a gente conseguiu passar por ele é gratificante. nos faz realmente sentir mais forte.

    nova url do blog: http://elaseriasempretua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. O importante é seguir em frente. Sempre achamos que somos forte o suficiente...e talvez sejamos.

    Ah, mudei de blog: http://dainedbramages.blogspot.com
    Um beijo

    ResponderExcluir
  15. No fundo, acho que todo mundo se arrasta pelo menos um pouco. Ninguém tá livre dos arranhões. O bom é continuar indo.
    :*

    ResponderExcluir
  16. todos somos um lapidados ao decorrer do tempo.
    lindo o q tu escreveu, *-*
    beijos =*

    ResponderExcluir
  17. Mas sabe, ser forte nem sempre é seguir em frente, mas sim às vezes deixar as lágrimas rolarem :)

    E obrigadíiissima pelo selo! *-*

    ResponderExcluir
  18. Nada é tão ruim que não possa mostrar uma certa beleza embutida. A vida, às vezes cruel, às vezes esperança, às vezes explosão de felicidade, às vezes dor, mas sempre uma benção que nos mostra que sempre podemos levantar, arrancar forças não sei de onde e enxergar beleza até onde não parecia existir.

    Beijos e obrigada pelo selo!

    ResponderExcluir
  19. E é assim que tem de ser! Seja uma fortaleza.^^

    ResponderExcluir
  20. Pois é, mesmo mancos, arrastando um pé quebrado ou parando de vez em quando pra chorar, sempre há de haver um jeitinho de continuar caminhando (e cantando e seguindo a canção :P ).

    Bjos, parabéns por ser forte!

    ResponderExcluir
  21. Não tem como passar pela vida imune de algumas marcas, mas elas só nos atingem para nos deixar mais fortes. Assim vejo!

    xero gabizoca
    (já mudou aqi denovo! rs quase não encontro o link dos coment´´arios! auhau)

    ;*

    ResponderExcluir
  22. muitos sobrevivem apenas com os cacos colados, resultantes de uma queda que originou uma volta por cima.. marcas da vida.

    assim que se vive.

    =]

    ResponderExcluir
  23. E eu tmb vou, desse jeito aí mesmo, mas vou seguindo em frente. rs

    ResponderExcluir
  24. o pior é que não disse nem a metade.
    tem tanto pra falar. mas ele não aceita que eu quero um compromisso, então escondo minhas meias verdades para mim mesma :(

    ResponderExcluir
  25. japinha, moçinha cheia de luz! toda vez que venho aqui esse espaço está mais bonito, simples mas cheio de detalhes lindo, espaço encantado.

    beijos
    Ge

    p.s agradeço as suas palavras sempre no meu. achei lindo sua comparação, achei um lindo elogio, só acrescentária Quintana, nada bobo eu né? rsrs mas não se esqueça que sou bobo mesmo rsrs

    p.s 2 importante te ter por perto ;)

    ResponderExcluir
  26. O que importa é continuar. Sempre a frente, ferido ou não, triste ou não.

    Seu texto me fez lembrar uma de minhas músicas favoritas. Driva, do Incubus, conhece?

    Algo como:
    "não importa o que o amanhã irá trazer, estarei aqui de braços e olhos abertos".

    Muito bom!

    Beijo e valeu a pena ter feito essa rápida visita!

    ResponderExcluir
  27. amei o espaço é a força poética dos teus textos. estou seguindo.
    abraços.

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados