um blog de inspirações e expirações

29.10.10

um cupido que espuma

E quando o vi atrás do balcão, tão bonito feito artista de cinema, senti um bum-bum tão forte, uma estrela piscando ali e acolá. O mundo vagalumeou. E talvez aquele fosse o tal amor que mostram na novela. Antes eu tinha medo de ser frigideira, mas no dia em que fui no armarinho da esquina comprar sabão, descobri que as coisas menos românticas são as que mais contribuem para a felicidade das frigideiras. Lembrei até que uma vez, quando eu era criança, meu pai chegou em casa com uma assadeira gigante que tinha comprado na feira. Tinha tampa. Ri do meu medo bobo, do meu charme de pato. O moço do balcão gosta de patos, pois; sorriu para mim o sorriso mais bonito de céu no Ano novo. E voltei para casa levitando, achando que era flores na rua o lixo dos calçamentos, e choro de anjo a água que escorria nos vãos, e escrita de pensador os rabiscos indecifráveis nas paredes, e prosa de gente sábia os fuxicos nas calçadas, e belo tudo que era feio. E belo.

Minha mãe não percebeu a estranha que entregou sabão nas suas mãos. Mães são distraídas demais. Talvez fosse roupa demais, ou o entendimento de quem já teve a mesma idade demais. Passei o dia gastando flores rabiscadas no caderno de inglês. Flores, porque coraçõezinhos são clichê demais pro tamanho do meu tum-tum de frigideira vagalumeada.

O lay ainda tá meio torto, mas os reparos necessários são mínimos. Ainda sim resolvi postar: tô ausente há muito tempo, já.

20 comentários:

  1. "E virou cliente número 1 do armarinho de esquina." rs
    Sabe, às vezes acho que também
    nasci frigideira. Quem sabe não acho uma tampa meia torta só pra não deixar o óleo espirrar no fogão? uhauah

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gabs! rs
    Então, você tem que criar uma nova classe pra deixar tudo arrumadinho.
    Aqui eu explico #comofaz

    http://tutoriais.keanuloka.com/2010/10/configurar-dados-do-post.html

    Ah, Obrigada! Vou tratar de esquecer tbm :) Beijos =*

    ResponderExcluir
  3. Primerio o texto ficou muito bom mesmo.
    Segundo, quando era pequena e até hoje, eu penso que as frigideiras são as sortudas, pq ( dependendo da tampa) qualquer um se encaixa, são as frigideiras que iludem várias tampas, são as frigideiras que escolhem, pq são únicas no formatos.

    =)

    bjs

    ResponderExcluir
  4. O amor nasce das situações mais inusitadas e inexplicáveis né? hauahuah tô meio assim tbm.
    bjos!

    ResponderExcluir
  5. Pq paixão não precisa de lógica ou ordem nenhuma! Frigideira Gabizoca, tampa certamente não será problema! ^^

    ;*

    ResponderExcluir
  6. Eu pensava que era um frigideiro! huauhauhauah
    hoje, tenho certeza, não sou, HAHA!

    ta lindo o layout novo.. *-*

    ResponderExcluir
  7. que invenja dessa frigideira que acha a sua tampa.
    mas eu queria saber: e se pararem de fabricar a sua marca?como faz?

    ResponderExcluir
  8. Quando eu descobri que algumas frigideiras tem tampa entrei em parafuso, fiquei desolada. Depois de anos acebei descobrindo que, realmente, nós temos tampa! Adorei a simplicidade do texto :)

    --

    Obrigada aos elogios no meu blog (L)

    ResponderExcluir
  9. Tu sempre me salvando né?
    rs
    vou lá tentar fazer os reparos.
    O teu tá tãoooooooooooooooooooooooooooo lindoooooooooo *-**-**-**-*
    O meu eu qinda queria fazer trocentas coisas mas como não sabia e tava anciosa p vê pronto coloquei no blog d uma vez! KKKKKKKKKKKKKK

    Sardadeeeeeeee de tu no msn =~~

    ResponderExcluir
  10. aaaah que quero a minha tampaaaa :'(

    vc é sortuda ;)

    ResponderExcluir
  11. Ah, que bonito. Tem um tom tão suave e infante. Mas transborda amor sublime. Estás ausente, mas pelo visto o talento continua em forma.

    Belíssimo texto!

    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  12. eu sou clichê e sempre desenho estrelinhas *-*

    beijas, paçoca-frigideira :*

    ResponderExcluir
  13. dá uma passadinha no meu, tem selos pra você
    beeeijos ;*

    ResponderExcluir
  14. é que eu sou meio anônima aqui *-*
    HSUAHUSHAUSHAUS

    mas seu blog é mto mto mto foda :D

    espero você lá sempre ^^

    beeeijoos ;*

    ResponderExcluir
  15. own own own *-* que fofinho.
    como passei tanto tempo sem ler esses seus textos? senti saudades.
    não sei como, mas você consegue brincar com as palavras e transformar tudo em palavras bonitas. e fiquei imaginando a moça, o moço do balcão, a mãe. imaginei a cena inteira e ri. porque percebi que em algum momento da minha curta vida também fiquei boba desse jeito.
    se cuida :*

    ResponderExcluir
  16. "O mundo vagalumeou."
    É bom demais quando a vida reluz assim. Dá vontade de crer em tudo novamente. Ser e viver o melhor que se pode.

    Estava com saudades daqui.

    ResponderExcluir
  17. Essas luzinhas que clareiam os olhos dão o maior trabalho pro coração. Mas o amor não pede desespero. O sorriso mais bonito é aquele disparado em nosso coração. É gab's ele é seu agarra.

    Lindo demais!!

    beijo

    ResponderExcluir
  18. Vixe, que coisa mais linda. Haja florzinha rabiscada!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Leve e sutil, doce, bem doce. Me encanta!

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados