um blog de inspirações e expirações

27.8.10

screwdriver


o lado sadio da minha cabeça berrava para que eu largasse aquela vida eu só conseguia responder que não que tava bom assim que eu não iria morrer cabeça teimosa a minha funcionava melhor que a minha mãe e tanto me atazanou tanto fez tanto falou que só me irritou pior quando me irrito porque guardo o desaforo e passo a usá-lo como único motivo para seguir assim continuo desregrada e desaforando talvez eu morra levando tudo assim mas eu já vou morrer de qualquer forma mas o seu dia de morrer já está escolhido e definido e você não pode adiantá-lo você não tem este poder é sua vida mas ela não é sua você não tem o controle viva melhor mas não quero que tô bem tá bem desse jeito não gosto do sol na minha cara só quando levanto muito cedinho de manhã e tá fazendo aquele friozinho mas só em outro horário não por isso vou indo nas minhas noites e nas deles também porque a noite é melhor todas as pessoas legais preferem o escuro brilhante todas as pessoas legais brilham no escuro até o supermercado é mais divertido a noite vamos embora andar pelas ruas arrastar os pés pelas calçadas ver as casas e as luzes cumprimentar os postes que sempre foram meus amigos espera eu quero sentar aqui no meio fio pra respirar um pouco que eu fiquei cansada de falar sem usar lombadas vem senta aqui do meu lado e me deixa encostar a cabeça no s e u b r a ç o . . .

achei tão pobre... mas de alguma forma eu consegui gostar desse texto.
é, eu ando muito estranha ultimamente :s

12 comentários:

  1. não tem jeito de não gostar das coisas que vc escrever, flor. :)

    ResponderExcluir
  2. e eu que pensava que só vagalume piscava no escuro '-'
    (hi hi)

    beijas, flor de maracujá :*

    ResponderExcluir
  3. Não é necessário investir em uma riqueza de palavras para se expressar bem, as vezes o mais simples é o que mais conforta.

    ;*

    ResponderExcluir
  4. Hmm... Palavras que me soaram desesperadas, como que ditas de vez, senão falta coragem. Gosto muito delas assim, sem nada em seu caminho. ^^

    ResponderExcluir
  5. "não gosto do sol na minha cara"

    Acho que você tem um sol inteirinho aí dentro... Talvez não queira vez a luz. Mas isso não é problema nenhum, afinal, o que seria da luz sem a escuridão, menina?!

    Um beijo de lua com gosto de sol!

    ResponderExcluir
  6. amei o blog,seguindo...
    segue?
    http://viiviihmdiario.blogspot.com/
    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  7. Ser desregrada é fogo mesmo! haha
    normal!
    adoreiii o texto.
    Beijoo :*

    ResponderExcluir
  8. Não há coisa estranha em num momento apenas extrairmos o que estamos sentindo. Espontâneo pra mim é natural e belo.

    E ao contrário do que tu acha, não está pobre, está rico esse texto. Porque seguiu a sua vontade.

    Ficou ótimo!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Eu tbm gostei deste texto, viu?
    Eles são tão cheios de detalhes e eu simplesmente me encanto.
    Quando eu quiser postar e estiver sem idéias ja sei mais um booom lugarzinho para olhaaar!!

    Beijo

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados