um blog de inspirações e expirações

13.8.10

a folga dos com asas

Eu vi anjos de asas longas dançando um vôo que parecia muito bem ensaiadinho. Isso no dia em que cai da escada, no dia em que tudo deu muito errado, no dia em que o mundo se avessou, no dia de acontecimentos chapados, no dia das felicidades escorregadias, no dia em que eu chorei tanto que meus olhos cresceram ao ponto de qualquer um que me visse pensar que, num descuido meu, poderiam cair da caixa.

Saí de casa como quem espera topar com um milagre na esquina; toda triste, toda. E aos passeantes da rua eu lançava todo o meu descaso com os problemas alheios. Olha, eu também tenho os meus. Andei pelas calçadas, olhei as vitrines feitas de sonhos e bugigangas embelezadas, desprovida de qualquer desejo. Eu não estava em paz comigo. E senti pena de mim com toda a indiferença que eu carregava debaixo das unhas, dentro dos bolsos, enganchada nos cabelos. Senti pena porque não se vive assim, paralelo. E os sabores, os encantos, os amores que eu estava perdendo por não prestar atenção nos cruzamentos da rua?

Foi aí que chorei. Sentei numa loja de portas abaixadas e chorei. Talvez aliviasse, sempre aliviava, sempre aliviou, mas tudo estava especialmente estranho, e até o choro parecia incompetente diante da minha esquisitice. Se alguém me perguntasse por que eu estava chorando, eu apenas levantaria a cabeça e o olharia com uma cara de tacho amarrotado. A gente chora porque tem dias que o mundo está torto e tem dias que o mundo está todo perfeitinho. Nunca engoli essa piada de momentos bons e momentos ruins. Não sei pra quê isso. Pra te amadurecer. É. Gostaram tanto de inventar perguntas, que todo mundo resolveu fazer isso, e tanto fizeram, tanto fizeram que se cansaram dessa brincadeira antes mesmo de distribuírem as respostas. E aqui ficamos nós, transbordando dúvidas existenciais de gente adolescente. Isso não esclarece nada. Mas parou o meu choro. Mas também não veio sorriso algum. Nem raio de sol. Nem arco-íris. Nem nada. Eu fiquei seca. Eu era um copo cheio de água: uma mão me virou para baixo. Não lembro em que ponto o mundo virou noite, nem se já era noite quando saí. Lembro que voltei pro jardim de casa do mesmo jeito, só um pouco mais vazia. Não entendi a razão de ser daqueles anjos que vi, se estava fazendo um dia tão feio. Descobri que as coisas desandam se os anjos estiverem de folga.
Ganhei selo da Pérola.
Regras: indicar blogs e comentar nos mesmos. Para: Anna Flávia, Ray Siq, Luara, Maria Fernanda e Croli.

24 comentários:

  1. que layout lindooo! *---------------*

    ResponderExcluir
  2. Fiquei boba-boba com o selo, obrigada Gabs! :)

    E o lay tá lindão. Sempre, né?
    Gostei da data antes do título #meensina?

    Beeeeeijo

    ResponderExcluir
  3. melhor ficar vazia do que cheia de coisas ruins '-'

    beija, jujubita ;*

    ResponderExcluir
  4. nossa, adorei <3
    parece que desandam mesmo. e os dias ficam meio estranhos, meio vazios, nem felizes nem tristes.
    diferentes.
    se cuida :*

    ResponderExcluir
  5. últimamente eu ando meio vazia e posso te falar que estar cheia é bem melhor . '-'

    ResponderExcluir
  6. "Já estou cheio de me sentir vazio, meu corpo é quente e estou sentindo frio.."

    Lembrei de cara da música "Baader-Meinhof Blues", da Legião Urbana, ao ler o seu post.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. às vezes é bom jogar fora o que de ruim está sobrando..

    os anjos vem em dias cinzas para que eles nao se tornem negros (:

    beijos, querida.

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito das mudanças que vc fez aqui ^^

    tem dias que o mundo parece tá pelo avesso e derepente parece que estamos tão cheios de nada que esvaziar nem é a melhor solução.

    ;*

    ResponderExcluir
  9. Às vezes os anjos descansam pra gente aprender a não depender deles. Dói? Sim. Mas é bom caminhar com as próprias pernas.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Gabriela, acompanhei todo o texto e senti aqui o tumulto dos sentimentos. Você realmente caiu da escada, ou é figurativo? Pois se caiu, quero saber se se machucou. Espero que não.

    Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Querida, estou um pouco sem tempo para ler-te. Só para avisar que tem selinho no meu blog pra você :)

    Daqui a pouco eu volto aqui e te leio. rs
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  12. O choro sempre foi o melhor remédio, mesmo com anjos ou sem anjos. Nunca entendi bem o que os anjos fazem.

    Adoro a sua sinceridade, flor.
    Um beijo.

    PS: Tá afim de me dar dicas de layout pro meu blog? haha *-*

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus! Que texto fantástico. Faz alguns meses que uma amiga me apresentou ao seu blog. Desde então venho aqui constantemente... gosto de ler coisa boa.
    Parabéns!!! Seus textos são muito bons!!! ;)

    ResponderExcluir
  14. putz, que texto!

    sinceramente, eu não canso de dizer: você escreve com uma maestria quase divida, seu nome ainda vai ser conhecido!

    muito perfeito.

    ResponderExcluir
  15. que texto lindo *-* vi um pouco de mim. acho que isso é meio normal, todos temos dias ruins e dúvidas, pode ser coisa de adolescente mesmo. mas o arco-íris sempre vem.
    beeijo

    ResponderExcluir
  16. Eu hei de ser poeta um dia...
    Enquanto isso eu rabiscos versos e leio textos lindos como este teu!

    *-*

    Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. "Saí de casa como quem espera topar com um milagre na esquina"
    Eu costumo sair assim tbm hahahha
    mas o milagre que é bom, nada de topar comigo...

    Amei o selinho!!! *-*
    Obrigadaa
    Beijooooo super :*

    ResponderExcluir
  18. nossa, fazia um tempo que eu não lia um post tão denso e pessoal como o seu!
    __________________________________
    @Zumblorg
    http://zumbl.org

    ResponderExcluir
  19. Meus anjos tiraram licença então, eu acho. hehehe.

    Que saudade Gabs. :D
    Amei seu lay! Tá ahazando na parada. heaouhea.

    ResponderExcluir
  20. Já me senti muito assim, Gabi, sei demais o que são esses sentimentos, ver o mundo desandar... Principalmente o último parágrafo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Muito bonito seu texto, gostei de verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. que lindo esse texto.
    amei *-*

    e lindo o seu layout também *o*

    ResponderExcluir
  23. Oi Gabriela! ;D

    Quem me falou sobre o seu blog foi uma amiga minha da faculdade (o blog dela é: aosomdesonhos.blogspot.com). Desde então venho aqui com frequência.. adoro ler seus textos.. São muito bons!!!
    Ah, Obrigada pela visita. ;***
    Sim.. uma coisa: Moramos no RN. Haha.
    Beijos! :*

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados