um blog de inspirações e expirações

25.3.10

desvantagem romântica

Saudade do abraço dele. Mas não pergunte quem, dele quem?, não saberia dizer. 
Ando com saudade, mas não de alguém em especial, creio mais que seja das épocas em que não estou em desvantagem romântica. Saudade de ganhar um abraço e um beijo no pescoço, só pra fazer arrepiar.
Ando meio avulsa.
Prazer, sou bala de troco.



UPDATE 27/03: Novidades no Clarisse.


24 comentários:

  1. Desvantagem romântica... Gostei do termo.
    Estive assim por um bom tempo. Aliás, acho que ainda estou. Mas desconfio que meu "coração burro da porra" anda querendo voltar à ativa.
    Eu e meu coração não mantemos um bom relacionamento. Ou ele se fecha de maneira inexplicável ou ele apronta, escolhendo sempre pessoas erradas.
    Ô vida! *rs

    E não se preocupe, pois essa vida é tão louca que você pode passar, num piscar de olhos, de bala de troco à última (e mais disputada) bolacha do pacote. Sabe como? ;)

    Beijo, Gabi.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do do titulo do texto!!!
    e nossa sei bem o que é isso!
    acho que todo mundo passa por isso aumenos uma vez na vida...
    Dificil mais muito real!
    Gostei muito mesmo do teu texto!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Desvantagem romântica para nós, Gabiz.
    Ê lerê...


    :*

    ResponderExcluir
  4. Desvantagem romântica. Gostei do termo... talvez esteja perdida nele há algum tempo. Se é que existe isso.

    Também quero um beijo que provoca arrepios. E Mais aquilo tudo (:
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. eu ando com uma sensação semelhante, mas não de amor romantico. eu acho.

    ResponderExcluir
  6. Queria entender como nós, da matemática/física/engenharia, nos entendemos tão bem com as palavras.


    Te mandei um e-mail, doce.

    ResponderExcluir
  7. Realmente todo mundo um dia passará ou já passou por uma desvantagem romântica. Até certo ponto não há incômodo algum, mas a partir do momento que a falta nos persegue... falta como tu disses no texto, somente de um beijo pra arrepiar... não de um alguém especifíco. Mas é ir vivendo a vida, que quando for o momento, esta situação muda.

    ResponderExcluir
  8. "Desvantagem romântica... Gostei do termo." [2]

    Hahaha adorei os seus posts. são tão criativos e... leves? Não sei, mas adorei. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Heheheh, bala de troco. Você e suas palavras despropositadas, Gabi. Merece um prêmio. Quer uma bala?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Muitos admiradores do novo termo "desvatagem romântica!" E não ficarei atrás, rs. Eu preciso de tudo, preciso desde beijos no pescoço até aquele ardor dentro do peito. Ainda não estou completa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. é nisso que eu me encontro
    enfim, né?

    ResponderExcluir
  13. ô minha querida,

    inspiração paira no ar, é só saber piscar os olhos!

    beijo grande!

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Estou gostando muito do seu espaço, muito bom, lindo mesmo!

    =)

    ResponderExcluir
  16. Acho que eu nunca estive em vantagem romântica. rs

    ResponderExcluir
  17. Eei, Gabi ^^
    Engraçado que na hora em que você escreveu na caixinha, eu estava mudando o layout.. Mas espero que você goste do novo também!! E abri os coments (:

    Minhas desventuras românticas acabam sempre em desvantagens, assim como no seu texto.

    Um bj :*

    ResponderExcluir
  18. um texto tão curto, mas que conseguiu expressar tudo. o termo é exato, perfeito *--*.

    ResponderExcluir
  19. é aquilo...
    saudades do que já passou...
    de momentos a dois, felizes, é o vazio..
    melhor remedio..!?
    sair, beber, beber e sair... dormir.. conversar, ri muito, ler bastante...
    fzr tudo menos falar disso!
    hehehe

    se distrair é a chave!

    ResponderExcluir
  20. Saudade... Também sinto, exatamente como você descreveu!

    ResponderExcluir
  21. ''bala de troco'', nao entendi.

    aushush
    de qualquer forma, essa saudade é carencia, ein? e eu to assim também, apesar de estar leve. Me sinto entregue ás baratas, as vezes. como um ultimo pão-de-mel na prateleira da padaria da esquina. It's complicated.

    ResponderExcluir
  22. Tem horas que não sabemos nem do quê? Muito menos de quem.
    Porque caminhar com os olhos marejados já não dá mais. É insuportável. Todos temos uma desvantagem romântica. Apelo que se decifra em momentos precisos, ou digamos preciosos.

    E transborda. A saudade vem. Do que anseamos e amamos. Do que nos pode fazer sorrir...

    Assim, assim...
    =)

    ResponderExcluir
  23. rs teu humor peculiar me encantou. E quem não amanheceu avulsa, bala de troco, em desvantagem romântica, um diazinho que seja na vida, que atire a primeira pedra.

    Beijoca

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados