um blog de inspirações e expirações

1.7.09

Borboletas matinais

No primeiro gole de café com leite senti um arfar de asas no céu da minha boca.
Deus do céu, eu vou engolir uma borboleta, assim eu pensei.
Mas, deixa que não era uma borboleta.
Era a minha noção da realidade.

24 comentários:

  1. adoro quando essas borboletas me visitam *o*
    DSHUIDHUHDS

    ResponderExcluir
  2. e a realidade foi por guela a baixo...

    ResponderExcluir
  3. Primeiro: aqui tá lindo.

    Segundo: o post é a coisa mais interessante, Gabi. Borboletas na boca, depois no estômago, e a vida sendo bonita, depois.

    Beijo, frô.

    ResponderExcluir
  4. que sejam vivas então,
    engolidas ou não.
    e que a realidade possa ser mais do teu jeito :*

    ps: era, é, sim.
    palavras de mais, pessoas de menos.

    ResponderExcluir
  5. Borbolas morando no estômago, é tão bom!

    ResponderExcluir
  6. Todo dia quando acordo, espero que elas resolvam vir me visitar, quiçá até fazer morada por aqui.
    Mas faz tempo que elas não aparecem...
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Noção de realidade, em forma de borbolate... Realidade tão doce, tão cedo...!
    Tão lindo!
    =*

    ResponderExcluir
  9. menia que blog fofo! o.o

    quanto as borboletas, estou sempre a engolir!
    ^^

    adorei

    ResponderExcluir
  10. Lindíssimo! Isso define o que escreveu! ;-) bjos

    ResponderExcluir
  11. Adorei teu blog, achei a poucos dias. E talvez você seja diferente de mim, mas eu realmente prefiro engolir borboletas a engolir a 'realidade'

    ResponderExcluir
  12. "Mas, deixa que não era uma borboleta.
    Era a minha noção da realidade."

    Uau!

    ResponderExcluir
  13. Blogzinho nota 10.Me tornei seguidoor pra sempre passar aqui! Convido à vc e a todos seu amigos, a visitarem o meu tbm e a tornar-se seguidores do meu!!

    ResponderExcluir
  14. A realidade sempre presente. Beijos meu, querida!

    ResponderExcluir
  15. É, odeio quando caem borboletas no meu café...

    ResponderExcluir
  16. seu coments em meu blog me deixou tao feliiz :)
    e me fez pensar muito,apesar das poucas palavras!
    amei new look e vou te seguir tah

    bejoos

    ResponderExcluir
  17. pode até ser invenção, mas ócio não é. não mesmo. então respondo-lhe com a sua frase: "Tão estranho carregar uma vida inteira no corpo, e ninguém suspeitar dos traumas, das quedas, dos medos."

    ResponderExcluir
  18. não se preocupe, eu sei o que são apenas comentários (:

    ResponderExcluir
  19. não costumo visitar muitos espaços virtuais, e quando o faço apenas visito e não deixo meus rastros. mas enfim, este é um mundo do qual ainda não me acostumei embora exista nele há um certo tempo. e entenda mundo como quiser. sei que saberá. cya!

    ResponderExcluir
  20. ... obrigado! gostoso por cá!!



    ^^

    ResponderExcluir
  21. não é a toa que vomito as vezes. adorei.

    ResponderExcluir
  22. bonito post. Belo blog, gostei daqui.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  23. E a gente nao sabe se a sensaçao é boa ou ruim!

    ResponderExcluir
  24. é fofissimo seu blog =D
    A realidade vã!

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados