um blog de inspirações e expirações

27.6.09

Código de barra

nasci com um defeito de fabricação:
toda vez que eu penso em voar,
uma das minhas asas se faz de morta.

27 comentários:

  1. Tens um belo trabalho. É uma honra poder ler tudo o que expõe aqui.

    ResponderExcluir
  2. você tem uma usa preguiçosa. rs

    recebeu algo mais meu pelos correios esses dias?

    beijO!

    ResponderExcluir
  3. Gabriela, boa noite. Sim, é uma música, e para vê-la e ouvi-la basta clicar no "play". Foi um presente de uma amiga, a Thawana.

    Tens um excelente trabalho aqui.

    :) Grato pela visita.

    ResponderExcluir
  4. Uma ótima noite, então, Srta.

    Cuide-se, e apareça.

    ResponderExcluir
  5. muito obrigado! na verdade nao sei como divulgar, tampouco se é válido, mas sou muito grato por sua visita!

    :)

    ResponderExcluir
  6. Gracias, señorita! farei-o, sempre que possível. E apareça sempre.

    ResponderExcluir
  7. na verdade, 18.09.1976 - 27.05.2009 tratam-se, respectivamente, do dia em que nasci e, teoricamente, o dia em que resolvi que um certa parte da minha vida morreu para permitir que outra nascesse.

    ResponderExcluir
  8. Pois é, é tudo culpa do código de barras. Do código de balas. Código de bolas. Belas. Belasa. Belasas. Belas asas.

    ResponderExcluir
  9. Defeito de fabricação mesmo, a minha também saiu com esse defeito =/
    Te linkei, seu blog vale muito a pena e deve ser recomendado :)

    ResponderExcluir
  10. bem vinda ao clube dos defeituosos!

    ResponderExcluir
  11. Com um pouquinho de esforço, acho que dá pra voar com uma asa só... ;)
    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. talvez, se tentar com todas as suas forças, consiga voar com uma só.



    nostalgia de você tbm.
    desculpe por sumir assim :)
    ei gabi, tem msn? :x

    ResponderExcluir
  13. Chamativo. Gosto dos curtos e profundos como este. Adoro isso aqui. Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. um dos melhores textos que já li.

    ResponderExcluir
  15. Vá até o SAC e faça devolução xD

    Sim, o pedido dele até que foi engolível não foi um ABSURDO mas mesmo assim... Isso não é coisa que se pede né haha

    bjo

    ResponderExcluir
  16. Uma das minhas também.
    Será que, se achar outra asa e me juntar, é possível voar em conjunto?

    ResponderExcluir
  17. Temos que sempre achar um jeito de voar sem ela ! ;)
    É mais um obstaculo essa falta de asa ! A gente consegue voar pra muito longe sem ela. É só querer !

    beijos !
    AMEI AQUI ;*

    ResponderExcluir
  18. comigo acontece, porém pior uma se faz de morta e a outra se faz de quebrada...

    bjos, lindo, lindo.

    ResponderExcluir
  19. somos anjos de uma asa só, as vezes precisamos de amigos pra conseguirmos voar =)

    tá lindo aqui :D

    ResponderExcluir
  20. Poxa, obrigada! Eu nunca achei que escrevesse bem... Gosto de escrever, independente da qualidade, dou prioridade à sinceridade das minhas palavras.
    Mas olha só quem fala, também. Seus textos são tão lindos... Esse agora, até o título mexeu comigo. E sabe? Acho que nasci com defeito de fabricação também. Mas nada de asas defeituosas... Eu nasci sem asas, mas com um desejo imenso de voar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Uma das suas asas tem medo de altura... É só deixar ela se acostumar com a idéia, assim, devagar. E um belo dia, quase sem perceber, ganhas o céu!
    Beeeeeeijo!

    ResponderExcluir
  22. [Eu já vi algo bem parecido, mas não lembro onde...].

    Parece que temos o mesmo problema ;D
    Hauihdaiuhdauhduh.

    Beijão

    ResponderExcluir
  23. temos algo em comum. minhas asas costumam dar defeito quando quero voar. e isso é deprimente.
    beijo :)

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados