um blog de inspirações e expirações

10.5.09

sorrisos e distrações brancas

Texto criado há alguns dias
e postado já duas vezes, deletado também duas vezes.
Escrito numa tentativa
de seguir o conselho de Filipe Garcia.
A ele dedicado.
~~
Na verdade, ela não sabe bem o que pensou quando o viu pela primeira vez. Ainda acredita verdadeiramente que foi susto.
Admirou-o por poucos segundos, mas por tudo o que conseguiu ver, perceber cada gesto, cada mania, cada forma, e amar imediatamente cada uma delas, a sensação que existe é que passou anos olhando para aquela figura. Seu sorriso era honesto e espontâneo. Era aconchegante. Dava vontade de tocar com as mãos e segurar para sempre, manter aquela luz perto do rosto.
Ele sorria de uma maneira absurdamente doce, enquanto conversava com pessoas que estavam por perto. Mas apenas ele existia ali. As pessoas ao redor, os prédios, árvores, calçadas, paredes, janelas... tudo era nada, puro e simplesmente porque ele sorria. Alguém passou um pincel gigante de tinta cor de nada nas paredes do mundo, escondendo toda a vida inerte que havia ali, poupando apenas ele. A cor branca recortava o decalque dele e denunciava o único ser observável ali. Ficou completamente absorvida nessa distração, e se surpreendeu quando notou que o sorriso se movimentava em meio ao mar de leite. Ficou atordoada: como ele andava ali, em meio as cegas?
De repente, o mundo roubou a cena e tomou forma e cor e som e cheiro. Buzinas, vozes, caras e olhos. E o sorriso. Que agora não mais sorria. O sorriso se fechou, e o rosto ficou sério. E os olhos do sorriso a olharam, e olharam o olhar dela. E sorriram novamente; dessa vez um sorriso tímido e honestamente agradecido.
O sorriso ainda andava e virou a esquina acompanhado de pessoas que conversavam enquanto misturavam assuntos.

11 comentários:

  1. ainda bem que dessa vez não deletou. :)


    e ai, tem crase é? ;~

    beijO!

    ResponderExcluir
  2. liindoo, deixe elee aki no blog *-*

    ResponderExcluir
  3. que maráa!

    ameii o blog...tudo muito girl!

    bjOo!

    ResponderExcluir
  4. O sorriso chegou aqui, Gabi. E ficou. Obrigada?

    Beijoca, frô.

    ResponderExcluir
  5. Ja comentei que adorei esse texto, mas voce merece que eu diga de novo: lindo!
    =)

    ResponderExcluir
  6. gostei, só não de ter virado a esquina e passado, como tudo na vida.
    flores.

    ResponderExcluir
  7. Essa continuação entre blogs é fascinante!

    Adorei!

    ResponderExcluir
  8. Ah, Gabi, viu como vale a pena prolongar a poesia??!

    Espero que haja mais desses. O romance ficou bonito, como haveria de ser.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. primeira vez que leio teu blogger, e confesso, parei na sua. haha
    é lindo, é diferente, e escreves de um modo tão seu, que chega a ser meu!
    adorei!
    e menina, da onde vem esse lay maravilhoso? me conta me conta me conta!

    Bjs

    ResponderExcluir

♥ Você pode comentar usando apenas seu Nome e Url: selecione a opção no menu suspenso "comentar como".

♥ Alguns comentários podem não ser aceitos, dependendo do cunho da mensagem. Seja gentil na blogosfera.

Obrigada por comentar. Sua visita e opinião são importantes para mim.
Volte sempre!

 
© 2009 - 2016 . todos os direitos reservados